Aprosmat

Representantes da Syngenta conhecem estrutura da Aprosmat

29 de janeiro de 2018 | Notícias

IMG-20180129-WA0003

 

Na tarde da última terça-feira (23/01), um grupo de representantes do setor de vendas, gerência, marketing, pesquisas e técnicos da empresa Syngenta realizaram uma visita técnica na seda da Associação dos Produtores de Sementes de Mato Grosso (Aprosmat), na cidade de Rondonópolis (MT). Dentre os visitantes dois eram do americanos, dois ucranianos, um argentino e um panamenho, sendo que os mesmos trabalham com pesquisa e desenvolvimento de novos produtos.

O presidente da Aprosmat, Gutemberg Carvalho Silveira, deu as boas-vindas ao grupo e falou da parceria com Syngenta. “Essa foi uma oportunidade para o grupo da Syngenta, que possui parceira conosco conhecer nosso trabalho e resultados de pesquisas com análise de nematoides, e ainda visitar nossa estrutura. Essa troca de experiência com outros profissionais só vem a somar com nossos valores”, disse o presidente.

Na ocasião, a diretora executiva da Aprosmat, Andréia Bernabé fez uma apresentação de como funciona a associação, discorrendo principalmente do trabalho que ela realiza junto ao associado e das principais linhas de trabalho. Em seguida a responsável técnica pelo Laboratório Nematologia da Aprosmat, Tânia Silveira apresentou como funciona a prestação de serviço aos produtores, resultados de pesquisas, parcerias com outras instituições e trabalhos de estudos em nematologia e fitopatologia.  O grupo, também conheceu toda a parte estrutural da associação, e acompanhou de perto os trabalhos realizados no laboratório.

Para o gerente de pesquisa e desenvolvimento da Syngenta no Brasil e na América Latina, André Bachiega, a visita foi muito produtiva para todo o grupo, mas principalmente para os participantes do exterior que puderam entrar em contato com a realidade brasileira e entender como é a cadeia de influência em termo de decisões dos agricultores e quais intuições influenciam nessas decisões em termos de que tecnologia adotar, porque adotar, quais benefícios e quem comprovou essa tecnologia.

André disse também, que a Aprosmat em Mato Grosso e, em boa parte do Brasil é uma instituição muito influente por sua representatividade e capilaridade. Além de possuir um serviço diferenciado e muito demandado pelos clientes. “Ficamos muito impressionados com a complexidade da associação, com o volume de trabalho, com a atenção aos interesses dos agricultores, laboratórios de qualidade, estrutura muito completa, e possivelmente poderei fazer recomendações no futuro”, destacou.