Aprosmat

Conab negocia 7,4 mil contratos de opção de milho em leilão em Mato Grosso

12 de maio de 2017 | Notícias

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizou nesta quinta-feira (11) mais um leilão eletrônico de operações de apoio à comercialização de milho para produtores de Mato Grosso. Foram ofertados e negociados 7.400 contratos de opção, totalizando 199.800 toneladas. O prêmio pago pelo produtor foi de R$ 1,10 por saca de 60 kg.
Já o leilão de Prêmio para o Escoamento (PEP) ofertou prêmio para o escoamento de 300 mil toneladas de milho nas regiões de Sorriso, de Sinop, de Campo Novo do Parecis e de Gaúcha do Norte. Foram vendidas 119.400 toneladas, totalizando R$ 7,293 milhões em prêmio pago ao produtor.
Também foram ofertadas 500 mil toneladas em Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) nos mesmos municípios mato-grossenses. Foram vendidas 302.638 toneladas a R$ 20,257 milhões em prêmio pago ao produtor. No total, o governo ofertou 621.838 toneladas de milho. PEP e Pepro garantem o preço mínimo ao produtor de R$ 16,50 por saca.
Os leilões foram muito bem-sucedidos, de acordo com o secretário de Política Agrícola, Neri Geller. “O objetivo do governo é garantir renda ao produtor rural e também recompor os estoques públicos. Teremos R$ 500 milhões para PEP e Pepro, os mecanismos de sustentação de preço que vão garantir que a saca de milho não será vendida abaixo do preço mínimo.”
O 8º Levantamento de Safra divulgado nesta quinta-feira pela Conab estima que o Brasil vai colher uma safra recorde de 92,8 milhões de toneladas de milho este ano.
Fonte: MAPA